Robô trader ou robô investidor: saiba o que são e qual é o melhor para você

Pontos-chave:

– A automatização já faz parte da rotina dos investidores que buscam potencializar suas operações e evitar erros.

– De acordo com o perfil do investidor, é possível optar entre robô investidor ou robô trader, podendo até mesmo utilizar os dois ao mesmo tempo.

– Apesar das particularidades de cada um, ambos têm importante influência em uma tomada de decisão cada vez mais assertiva e no alcance de operações lucrativas.

Leia Mais

Aprenda o que é algotrading e descubra como você pode lucrar com ele

Pontos-chave:

– O algotrading é uma sigla proveniente do inglês “Algorithmic Trading” que significa negociação de ativos financeiros por meio dos algoritmos. É considerada uma das principais tendências para o futuro do mercado financeiro.

– Um algoritmo é uma sequência de instruções objetivas que são escritas em linguagem de programação, permitindo assim execuções de ordens de forma automatizada.

– Com a automatização é possível aliar a alta velocidade dos processos computacionais com as estratégias de alocação dos investimentos em busca de otimização dos resultados.

– Optar por um robô trader é a alternativa acessível para uma performance tecnológica e inovadora ao day trade, que se utiliza de soluções algorítmicas já testadas e comprovadas.

Leia Mais

Conheça a metodologia de criação dos placares da Tangram Plus

Pontos-chave:

– Os robôs dos placares são selecionados a partir de backtests, verificando como eles teriam se comportado em períodos passados.

– A partir dos backtests são excluídos robôs que quebraram, que não realizaram operações, que fizeram poucos trades ou trades demais e robôs com drawdown superior a 75%.

– Ao final do processo são selecionados 50 robôs com baixa correlação entre si, de forma que o usuário possa escolher entre diversos robôs diferentes para montar uma carteira diversificada de robôs traders.

Leia Mais

Como parametrizar o seu robô trader de acordo com as mudanças do mercado

Pontos-chave:

– Certifique de que seus stops foram planejados para o cenário atual do mercado: se a situação do mercado muda o tempo todo, seus stops também precisam se adequar.

– Verifique se seu robô está parametrizado para seguir a tendência ou operar na reversão de tendência, essa pode ser a diferença entre um bom robô e um robô ruim.

Leia Mais

O que esperar do backtesting de um robô trader?

Pontos-chave:

– Backtests são a simulação de um comportamento de um robô em um cenário passado do mercado, que ajudam a validar a eficácia de um robô trader.

– Apesar de serem úteis para identificar robôs com potencial, os backtests têm limitações e há uma série de eventos que ocorrem no mercado que são difíceis de serem incorporados ou previstos por backtests.

– Comportamento passado não é garantia de comportamento futuro: não é apenas porque um robô performou bem nos backtests que ele deverá performar bem na conta real.

Leia Mais

Quando um robô trader faz uma operação?

Pontos-chave:

– Robôs traders operam de acordo com parâmetros pré-definidos: somente quando a movimentação dos preços e/ou dos indicadores atinge esses parâmetros determinados o robô dispara uma ordem de compra ou de venda.

– Operando com robôs tem-se a vantagem de evitar cruzamentos falsos: o robô só entra ou sai de uma operação quando o critério de fato se confirma.

– Também é possível parametrizar o robô para realizar operações em determinados horários.

Leia Mais

Como escolher o robô trader ideal para o seu perfil de risco

Pontos-chave

– Há um robô trader para cada perfil de risco, mas é necessário conhecer o seu perfil de investidor antes de poder estabelecer que tipo de robô trader é ideal para você.

– Assim como em qualquer outro tipo de investimento, nos robôs traders também existe o trade-off entre risco e retorno: robôs mais arriscados têm chances de terem retornos maiores e vice-versa.

– Avalie o grau de alavancagem do seu robô: robôs muito alavancados têm risco maior do que robôs com grau de alavancagem mais conservador.

Leia Mais

Como funciona a simulação com robôs traders na SmarttBot

Pontos-chave:

– A SmarttBot disponibiliza dois tipos de simulações para seus robôs: simulações otimistas e pessimistas. A simulação pessimista é mais recomendada pois verifica o pior cenário em que seu robô poderia trabalhar.

– Na simulação otimista as ordens a mercado são executadas no valor do último negócio, enquanto que no simulador pessimista as ordens sofrem um grau de slippage.

– No simulador otimista as ordens a limite são interpretadas como sendo as primeiras do topo do book, enquanto que no simulador pessimista elas são colocadas no último lugar.

Leia Mais

Como escolher o tipo de robô trader ideal para você

Pontos-chave:

– Há três tipos de robôs traders, indicados para diferentes perfis de investidores: robôs blackbox, whitebox e greybox. Esses nomes se referem aos tipos de parametrização de cada robô.

– Robôs blackbox (caixa preta) são pré-parametrizados e prontos para uso, sendo por isso indicados para traders iniciantes.

– Robôs greybox têm alguns parâmetros que podem ser definidos pelo usuário, enquanto os whitebox são totalmente parametrizáveis, sendo portanto mais indicados para traders mais experientes.

Leia Mais

Estratégia com 10 indicadores de análise técnica: conheça a Tangram

Pontos-chave:

– A estratégia Tangram é uma estratégia 100% SmarttBot e pode operar qualquer tipo de ativo: ações, minicontratos ou contratos futuros cheios de índice ou dólar.

– Nessa estratégia é possível utilizar dez indicadores, como médias móveis, HiLo Activator, MACD, ADX DI+/DI-, Estocástico, VWAP, Índice de Força Relativa (IFR), Bandas de Bollinger (BB), Stop ATR e SAR Parabólico.

– Além disso, a estratégia pode operar com diversos tipos de gráfico, como o gráfico de heikin-ashi, renko ou candlestick.

Leia Mais
CARREGAR MAIS CONTEÚDOS