O que é uma chamada de margem e como você pode evitar sofrer uma delas

Sincronize seus trades com um profissional - Saiba mais

Pontos-chave: 

  • A chamada de margem ocorre principalmente quando o trader mantém uma operação desvantajosa por muito tempo, ficando sem a margem de garantia disponível.
  • Hoje, corretoras oferecem a conta margem para que investidores tenham crédito em operações que exijam mais margem de garantia. 
  • A alavancagem é uma estratégia que possibilita mais chances de lucros, mas que envolve mais riscos, o que inclui a chamada de margem reincidente.
  • É possível evitar a ocorrência da chamada de margem tendo uma reserva em ativos seguros, bem como a diversificação da carteira e a adoção de soluções automatizadas.

A chamada de margem refere-se ao valor exigido como garantia em operações de investimento com maior risco, e apesar de ocorrer, comumente, no início de uma operação, é possível que ela decorra também, por questões de segurança, ao longo da negociação de um ativo financeiro. 

Seja em swing ou day trade, a chamada de margem é um assunto extremamente importante para os investidores que buscam blindar-se aos riscos e maximizar suas chances de lucros. 

A seguir você confere detalhes sobre a chamada de margem e como evitar que ela afete suas operações.

Para começar, o que é margem de garantia?

Afinal, o que é chamada de margem?

Quando acontece a prévia da chamada de margem?

A chamada de margem em operações de alavancagem

Exemplo de chamada de margem no day trade

Conta margem: como evitar prejuízos?

Como operar alavancado sem chamada de margem?

Dica Smartt

Para começar, o que é margem de garantia?

Margem de garantia é o valor exigido dos investidores para que eles possam prosseguir em algumas operações consideradas arriscadas. Este montante fica sob responsabilidade da corretora ou da B3 até o fim da negociação proposta. 

O propósito da margem de garantia é que caso haja prejuízo, este capital poderá ser liquidado, porém, em situações opostas, o trader acumula os lucros com o ressarcimento da margem de garantia.

O depósito de garantias pode ser feito em dinheiro ou em ativos como: títulos públicos federais (tesouro direto), ouro, ações, títulos de renda fixa emitidos por bancos, certificado de depósito bancário (CDB) e letras de crédito (LCI e LCA). 

Afinal, o que é chamada de margem?

A chamada de margem é uma garantia exigida adicionalmente pela bolsa em operações que envolvam riscos antes não provisionados. Ela pode acontecer no início da transação, mas, também pode haver uma chamada de margem no decorrer das operações.

A B3 e a corretora são as instituições responsáveis por permitir, ou não, que o investidor abra uma operação ou permaneça posicionado. É através da chamada de margem, que as instituições garantem o funcionamento do mercado e asseguram que os contratos serão cumpridos. 

Com a chamada de margem, o operador precisa corresponder ao montante exigido ou então corre o risco de ter sua posição encerrada e seus valores liquidados, podendo acumular prejuízos. 

Quando acontece a prévia da chamada de margem?

Ao início de cada dia ocorre a prévia da chamada de margem que tem por objetivo garantir o recurso em conta. Antes que a chamada de margem ocorra de fato é realizado o estorno da prévia. 

A B3 é a responsável por chamar e reter essa margem, sendo que essa prévia só é feita para posições de swing trade. Para o day trade, a chamada de margem é realizada diretamente pela corretora, podendo o trader ficar impossibilitado de operar por uma ausência de margem.

A chamada de margem em operações de alavancagem

Uma das formas mais comuns da utilização da margem de garantia é na alavancagem, em que o investidor, de maneira temporária, utiliza parte do capital da corretora para realizar operações de curto prazo visando maximizar as chances de lucro. 

Dessa maneira, com a alavancagem, é possível investir no mercado financeiro em busca de maior rentabilidade, mas com aportes financeiros efetivamente menores. Se há mais possibilidade de ganhos, ao mesmo tempo, aumenta o risco das operações.

Exemplo de chamada de margem no day trade

Para ficar mais claro, imagine que o trader pretenda operar contratos na ordem de 100 mil reais em mercado futuro. Para que essa operação seja possível, a corretora irá exigir 15% do valor, ou seja, o trader precisa desembolsar 15 mil para a margem de garantia.

Supondo que os rendimentos terão o valor total do contrato como base de cálculo, e não o montante aplicado em garantia, temos que se o índice futuro valorizar 10%, o lucro do trader será de dez mil reais

Ao encerrar a suposta operação vantajosa, o trader terá a margem de garantia devolvida e no dia seguinte, acumulará o valor de 25 mil reais em lucro. Porém, se a mesma operação tivesse prejuízo, parte da garantia seria perdida e o restante da margem (5 mil reais) seria restituído. 

No caso de uma perda de 20%, a margem de garantia seria liquidada e o trader teria recebido uma nova chamada para cobrir o saldo negativo de 5 mil reais. Com esta hipótese, a margem de garantia não seria devolvida, já que foi utilizada para cobrir a perda, e o excedente seria um novo custo a ser pago.

Conta margem: como evitar prejuízos?

A conta margem é uma forma de crédito ao investidor oferecido por algumas corretoras. Este recurso pode ser utilizado como margem de garantia, principalmente aos profissionais que buscam realizar operações alavancadas e ainda não possuam o valor total do capital exigido. 

A taxa cobrada pela conta margem varia de uma corretora para outra, assim como ocorre em bancos e, para o cálculo dessa tarifa de juros, muitas vezes são considerados os ativos que compõem a carteira do cliente.

Apesar de ser uma forma de potencializar os lucros do investidor, a utilização da conta margem tem por objetivo o uso da alavancagem e deve ser utilizada somente por investidores experientes, pois exige um alto conhecimento e acompanhamento do mercado.

Como operar alavancado sem chamada de margem?

Não é preciso esperar por uma chamada de margem para perceber que os prejuízos estão se acumulando. O uso do stop loss é altamente recomendável para operações de investimento, principalmente para quem opta pela alavancagem em day trade. 

Sendo assim, soluções automatizadas aplicadas ao day trade e swing trade são uma via eficiente para minimizar os riscos, afinal ao cravar margens de prejuízos e promover saídas rápidas, a alavancagem torna-se uma boa opção para aumentar os lucros, evitando as chamadas de margem.

Além disso, é muito importante a diversificação de seu portfólio, pois será possível compensar eventuais perdas com os lucros de outros ativos e outros tipos de operação.

Dica Smartt

Na prática, a margem de garantia é a utilização de um valor depositado para cobrir possíveis operações sem sucesso realizadas no mercado financeiro. Esse valor servirá como uma caução, legitimando que, em caso de prejuízos, o trader poderá arcar com eles. Para operações alavancadas, a margem de garantia é condição para sua efetivação.

Quando o risco de uma operação aumenta, as instituições financeiras poderão fazer a chamada de margem mais de uma vez e, se isto, acontecer, o investidor precisa ter saldo o suficiente para manter suas posições em aberto ou poderá experimentar a zeragem compulsória.

Para evitar as chamadas de margem e o acúmulo de prejuízos, a adoção de tecnologias especializadas pode ser a melhor opção. Com stops bem definidos, programação de entradas e saídas automáticas e número limitado de operações, o investidor pode blindar-se dos riscos e realizar operações lucrativas.

Quer automatizar suas operações com a maior plataforma de robôs traders do Brasil? Então clique aqui e faça uma simulação gratuita com os robôs da Smarttbot!

imagem: automatize seus trades com nossa plataforma - mascote botinho smarttbot e imagens de candles em um balão de fala