Viés de recência: aprenda como ele funciona e como evitá-lo

Sincronize seus trades com um profissional - Saiba mais

Pontos-chave: 

  • Viés de recência caracteriza-se pela priorização de eventos recentes e, consequentemente, fatos de longo prazo são desconsiderados pela percepção humana.
  • Muitos investidores caem na armadilha do viés de recência,  analisando restritamente acontecimentos recentes, sem considerar o histórico e o comportamento do mercado.
  • Para neutralizar esse viés cognitivo, investidores devem inicialmente reconhecê-lo e passarem a adotar hábitos de análises históricas e acompanharem materiais mais completos.

A atribuição de pesos desproporcionais para eventos imediatos é algo comum na mente humana, porém é preciso ter consciência de que vieses cognitivos podem atrapalhar a tomadas de decisão, principalmente para quem busca melhores resultados em seus investimentos. Continue a leitura e compreenda tudo o que você precisa saber sobre o viés de recência e como blindar-se dos seus efeitos.

O que é viés de recência?

Viés de recência é um fenômeno que se caracteriza pela extrema confiança nas últimas informações, sem considerar o histórico ou conhecimentos relevantes confirmados pela ciência. Um exemplo está no medo de algumas pessoas em andar de avião quando a viagem coincide a um grande acidente recente e que provavelmente foi noticiado. Nesta situação, a alta segurança das aeronaves e o baixo índice de  acidentes, segundo as análises históricas, não são lembrados por algumas pessoas, isso porque há um apego ao fato imediato.

O viés de recência pode se apresentar também quando alguém te fornece diversas instruções. Cerca de dez informações são passadas, mas apenas as últimas falas são lembradas. Isso acontece não porque o final tornou-se mais claro ou concreto, mas sim pelo fato de nos apegarmos aos acontecimentos mais recentes e termos dificuldades de lembrar de algo que já ocorreu há mais tempo.

Quando tomado pelo viés da recência, a pessoa está sob o efeito de um truque da mente ao qual ela não tem controle. Diante desta influência o ser humano acaba por tomar atitudes irracionais, levadas pelo envolvimento emocional.  A psicologia explica os impactos da recência como um viés comportamental ou cognitivo que leva a pessoa agir de uma maneira fora da lógica. Tal informação científica é condizente aos estudos financeiros na busca de blindar o investidor de estar enviesado e, por consequência, realizar operações não vantajosas para ele. 

Como o viés de recência atrapalha os investimentos?

O viés de recência é considerado uma das maiores armadilhas para a tomada de decisão no mercado financeiro, pois quando o investidor dá maior peso para fatos recentes, ele tende a agir precipitadamente e escolher caminhos que o impedem de lucrar mais ou que até mesmo possam levar a prejuízos.

É notável que instrumentos financeiros podem ter picos momentâneos, por isso, não é recomendável acreditar plenamente que o desempenho recente vai ditar os números futuros. Logo, investidores podem se equivocarao continuarem ou desistirem de suas aplicações mediante apenas pelos fatos recentes. Sem contar que, muitas vezes, as retiradas em momentos não oportunos podem gerar penalização pelas regras de liquidez. 

imagem: automatize seus trades com nossa plataforma - mascote botinho smarttbot e imagens de candles em um balão de fala

Surpresas desagradáveis podem acontecer com quem se deixa levar pelo viés de recência. O efeito pode ser muito prejudicial caso ocorra entre operadores de day trade, que precisam ter alta tolerância ao risco e perfis arrojados para compreender que a volatilidade é uma rotina, portanto decisões devem partir de um ponto de vista analítico e racional, evitando ser dominado pelos vieses cognitivos.

Qual a diferença entre viés de recência e heurística da disponibilidade?

O viés de recência caracteriza-se pelo apego aos fatos atuais e imediatos, e consequentemente é dada uma atribuição de pesos desproporcionais em relação aos eventos históricos e à reputação dos ativos. 

Já quando tomados pelo viés da heurística da disponibilidade, o investidor define a probabilidade dos fatos ocorrerem pela vivência e assimilação aos acontecimentos passados disponíveis e de fácil acesso em sua memória, não necessariamente sendo os mais recentes. Baseado no princípio da heurística, em que há os atalhos da mente, aspectos de afinidade, experiência e estereótipos estimulam uma tomada de decisões de forma rápida e precipitada, sem avaliar todo o contexto. 

Tanto a heurística da disponibilidade quanto o viés de recência podem prejudicar o desempenho do investidor e afetar os resultados das operações. Isso porque ambos frequentemente são ignoradas pelos profissionais em um retrato do risco do envolvimento emocional e dos vieses comportamentais no cotidiano profissional dos traders. 

Como reduzir os efeitos do viés de recência nos investimentos?

Para blindar os vieses comportamentais, o primeiro passo está em reconhecê-los como riscos reais à atuação de um investidor. Não amenizar os efeitos emocionais e psicológicos já é uma maneira de refletir sobre como aprimorar sua performance em busca de mais e melhores resultados. Desconfiar de suas certezas e ver armadilhas no ego é sempre recomendável.

Além disso, um mix de condutas podem ser tomadas. Em relação ao viés da recência,  buscar informações em horizontes temporais maiores é essencial. Fica como dica as cartas com histórico de desempenho, pareceres das empresas inseridas no mercado, análises setoriais, estudos macroeconômicos e outros. Esta análise fundamentalista, acompanhada do pleno entendimento do gráfico, pode trazer uma postura cada vez mais racional ao trader. Outro aliado está nas operações automatizadas que minimizam o viés de recência e neutralizam outros efeitos emocionais.

Como superar o viés de recência no day trade?

Apesar do day trade ser uma estratégia de compra e venda de ativos ao longo de um dia de funcionamento da Bolsa de Valores, a tomada de decisão deve considerar estudos de horizontes temporais e análise das variações de preço dos ativos. Sendo assim, é necessário o cuidado para que o viés de recência não cegue a estratégia e atrapalhe a interpretação do movimento de um ativo. Para que o viés de recência não gere impactos negativos no day trade, é necessário que as análises técnica e fundamentalista sejam realizadas com pesos proporcionais, ao invés de se obter foco apenas nas ocorrências imediatas.

Dica Smartt

É possível afirmar que os vieses comportamentais estão presentes em todos os momentos de decisão, mas ter consciência disso pode evitar que escolhas cegas sejam feitas e ocorra uma seleção precipitada de investimentos. Para evitar o viés de recência, um dos passos é a análise de horizontes temporais mais longos e a busca por dados concretos e históricos, não se prendendo exclusivamente aos fatos recentes. Continue os estudos e perceba como outros vieses cognitivos podem ser verdadeiras armadilhas ao profissional trader. A automatização é uma das opções para afastar os truques das mentes dos investidores. #SmarttBot: nossa tecnologia às suas ordens!

Banner - Operações de um trade profissional no WIN - saiba mais - SmarttBot. Foto: Marcel Mallio