MACD: Aprenda o que é e saiba como usar no day trade

Pontos-chave:

– O MACD significa Moving Average Convergence Divergence e é um oscilador que analisa a convergência e divergência entre duas médias móveis para tentar identificar tendências de preço. É composto por uma linha e seu sinal, além de um histograma.

– Cruzamentos da linha com seu sinal podem indicar uma tendência de alta, porém se o sinal estiver acima da linha do MACD, pode ser um indicador de tendência de baixa.

– O histograma também pode ser utilizado para antever mudança de tendências: quando ele cruza do negativo para positivo ou vice-versa, há uma indicação de que uma possível mudança de tendência está por vir.

Leia Mais

Estocástico: o que é e como usar esse indicador no day trade

Pontos-chave:

– O estocástico é um oscilador utilizado para identificar quando um ativo está sobrecomprado ou sobrevendido. Ele é composto por duas linhas: %K, que é calculado a partir das máximas e mínimas de um período e %D, que é uma média móvel de %K.

– De maneira geral, quando o estocástico se encontra acima de 80, o ativo está sobrecomprado; quando ele está abaixo de 20, o ativo está sobrevendido.

– O cruzamento de %K e %D também podem indicar mudanças de tendências: quando %K está acima de %D há um indício de tendência de alta, enquanto que quando %D está acima de %K há uma indicação de tendência de baixa.

Leia Mais

Pontos de pivô: saiba como funcionam e como usar no day trade

Pontos-chave:

– Pontos de pivô é um indicador capaz de identificar possíveis pontos de suporte e resistência nos preços de um ativo.

– Os pontos são calculados levando em consideração a máxima, a mínima e o preço de fechamento do ativo, para então projetar os possíveis pontos de suporte e resistência.

– Esse indicador pode ser utilizado tanto para traçar metas ou alvos de um trade quanto para delimitar stops, maximizando assim a relação de risco/retorno.

Leia Mais
CARREGAR MAIS CONTEÚDOS