Heurística da disponibilidade: saiba o que é e evite ter seus trades prejudicados por ela

Sincronize seus trades com um profissional - Saiba mais

Pontos-chave: 

  • A heurística da disponibilidade acontece quando há uma tomada de decisão levada pela emoção, em que experiências pessoais ou acontecimentos recentes têm um peso maior que dados confiáveis ou evidências científicas.
  • A heurística da disponibilidade é um viés comportamental que pode acontecer em situações de tomada de decisões na vida cotidiana, mas também no mercado financeiro.
  • Ao operar ativos financeiros sob o efeito da heurística, o investidor pode tomar decisões embasado na disponibilidade de informações de sua memória, e assim ele passa agir de forma emocional o que pode afetar os resultados.
  • Sabendo da influência dos vieses comportamentais, a automatização surge como uma solução para neutralizar os efeitos emocionais dos investidores em suas operações.

Você quer ter melhores resultados em suas operações de investimento? Então, talvez este seja o momento de estudar mais sobre finanças comportamentais. Noções de psicologia permitem a compreensão do porquê de parte dos investidores tomarem decisões baseadas na emoção, muitas vezes contrariando seu planejamento financeiro e a análise técnica. Continue a leitura e veja como a heurística da disponibilidade enquadra-se como um viés comportamental capaz de afetar seus investimentos e as chances de aumentar os lucros. No final deste artigo, ainda há dicas de como não comprometer seus ganhos com erros psicológicos.

Para começar, o que é heurística?

Ao buscar o conceito de heurística você se depara com a seguinte interpretação: processos cognitivos que levam a escolhas não racionais, em que as ações aplicadas desconsideram informações de fontes confiáveis para que a impressão pessoal, baseada em sentimentos e experiências passadas, seja o motivo da tomada de decisão.

Para compreender melhor, veja este exemplo. A sociedade, no geral, costuma atribuir muita preocupação com ataques de tubarão, pois no imaginário coletivo ele é visto como um animal muito perigoso e letal. Mas quando são avaliados os dados reais, o que temos de fato é que o tubarão fica bem atrás no ranking de animais perigosos, perdendo inclusive de mosquitos e cachorros. 

Quando atribuímos toda essa preocupação com os tubarões, estamos sob efeito da heurística da disponibilidade: algum filme ou história que ouvimos formou essa memória que recorremos quando somos questionados sobre o perigo desse animal. O envolvimento pela emoção, seja por acontecimentos recentes ou não, acaba por ter um peso maior na hora da tomada de decisão. 

Como a heurística da disponibilidade acontece nos investimentos?

Ao aplicarmos o estudo da psicologia em finanças, destaca-se o termo viés comportamental para conceituar experiências de investidores que se deixam levar pelas emoções na tomada de decisões. Desta maneira, operações financeiras que deveriam se basear em dados, gráficos e números, acabam por serem resultados de impressões pessoais. 

A heurística da disponibilidade é um viés comportamental muitas vezes presente nos contexto das finanças, em que o investidor acaba por atribuir maior probabilidade de ocorrência de um fato futuro somente por sua recordação de um evento similar no passado. Muitas vezes ele continua operando como se os acontecimentos fossem sempre se repetirem. Este comportamento pode muitas vezes impactar a performance do investidor e prejudicar seus resultados.

Diante de uma situação em que é preciso se posicionar, ocorrem atalhos mentais que levam a simplificações, o que acaba por direcionar a escolhas mais fáceis e rápidas, mas quase sempre contestatórias e insatisfatórias. No contexto dos investimentos, os truques da mente, tão próprios da heurística da disponibilidade, podem levar a prejuízos e a arrependimentos quando já se é tarde demais.

Como funciona a heurística da disponibilidade em operações de day trade?

Investidores especializados em operações de day trade, ou seja,  aqueles que operam no intervalo de um dia de funcionamento da bolsa de valores e que se aproveitam das melhores oportunidades para negociarem seus ativos, devem ter a análise técnica e o controle emocional como requisitos indispensáveis para uma atuação profissional e o alcance dos lucros.

Apostar em uma operação em day trade a partir apenas de eventos ocorridos pode representar uma ameaça ao induzir a uma expectativa que pode não se concretizar, o que pode levar à liquidação de operações e até mesmo grandes prejuízos. Por isto, é preciso manter-se atento aos vieses comportamentais. Em uma realidade em que existe uma infinidade de informações, dados e notícias diariamente, a heurística da disponibilidade deve ser um ponto a ser neutralizado.

Para entender melhor, imagine um movimento de alta forte nas ações, em que o trader observa de maneira frequente a evolução dos preços e das notícias positivas. Quando ele vai tomar suas decisões de investimento e de montagem da estratégia, é possível que ele fique sugestionado a conduzir operações de compra baseado na disponibilidade de informações que ele acompanhava, sem observar e analisar corretamente o mercado. 

O mesmo pode acontecer quando o investidor se depara com a divulgação de algum indicador, como o payroll, um dos principais indicadores econômico-financeiro dos Estados Unidos. Ao decidir fazer alguma operação de day trade com base no que ele se recorda que aconteceu nos últimos meses (o payroll foi positivo e levou a um movimento de alta das ações, por exemplo). Dessa forma, apenas amparado nessa memória, ele decide se posicionar em uma operação comprada, sem uma justificativa técnica.

Para se blindar deste viés comportamental, a sugestão mais eficiente está em cravar as margens de prejuízos, delimitar stops e o número de entradas e saídas de operações. Para isto, a automatização pode ser a melhor solução, pois definitivamente zera a influência emocional do operador e permite uma tomada de decisão baseada em dados. O estudo constante e um planejamento financeiro condizente com suas metas também são importantes aliados para uma performance com bons resultados. 

Qual é a diferença entre heurística de disponibilidade e ancoragem?

A ancoragem é o processo em que o investidor foca em um determinado número, utilizando ele como referência sempre que há uma situação de tomada de decisão. Desta maneira, pode-se perder o momento certo para negociação ou até mesmo acumular prejuízos devido a ancoragem no preço do ativo. Já na heurística da disponibilidade, o investidor busca um acontecimento em sua memória e atribui probabilidade de ocorrência conforme sua experiência pessoal, acabando por escolher algo que lhe parece familiar, sendo assim, há um “truque da mente” que o leva a um caminho que considera mais fácil e seguro, mas nem sempre o conduz para escolhas mais assertivas com chances de lucros. 

Em outras palavras, na ancoragem o investidor pode se ver “ancorado” em determinados patamares de preços que podem gerar escolhas ilógicas. Com a heurística da disponibilidade, ele determina sua operação baseado na lembrança de algum evento similar e, a partir disso, toma sua decisão que passa a ser irracional já que não conta com uma fundamentação. Ambos são vieses comportamentais em que o investidor deve estar em alerta para os identificarem e neutralizarem seus efeitos, afinal é importante uma atuação cada vez mais consciente e estratégica no trade. 

Dica Smartt

Se você chegou até aqui, já está no caminho certo. Reconhecer a influência de fatores emocionais no comportamento do investidor é um importante começo para uma atuação mais profissional nos investimentos. 

Além da heurística da disponibilidade, existem outros vieses comportamentais como a ancoragem, a aversão à perda e o efeito de dotação. Leia sobre cada um dos assuntos, pois ao compreender como cada viés funciona, o investidor consegue identificar quando está sob seu efeito, e assim pode reavaliar seu comportamento durante as operações no mercado financeiro.

A negociação de ativos financeiros não deve ser amparada no “feeling” da situação, mas sim em técnicas e análises, se possível, ainda com o suporte das novas tecnologias que dão mais segurança ao investidor, proteção do capital e possibilitam multiplicar as operações lucrativas. A configuração de um robô pode trazer o distanciamento necessário para que o investidor alcance suas metas financeiras com disciplina e não tome decisões por impulso ou emoção. #SmarttBot: nossa tecnologia às suas ordens!

imagem: automatize seus trades com nossa plataforma - mascote botinho smarttbot e imagens de candles em um balão de fala